Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2013

Escola Adventista visita o Arquivo Histórico

O Arquivo Histórico recebeu, na tarde do dia 10 de setembro, a visita dos alunos do 3.º ano da Escola Adventista, turma da professora Ana Márcia Finger da Rosa. A professora Ana Márcia e a assessora Ione Rosa com os meninos do 3.º ano As meninas da turma do 3.º ano Os alunos foram guiados em sua visita pelas assessoras Ione Rosa, Jussara Garske e Neiva Köhler e tiveram a oportunidade de conhecer os diversos setores que compõem o Arquivo Histórico, bem como os propósitos que regem o trabalho de guardar, preservar, conservar e difundir a nossa história. A assessora Ione Rosa apresentando a história do Mercado Público A assessora Jussara Garske explicando a restauração de documentos A assessora Neiva Köhler apresentando documentos do acervo Durante a visita, os alunos puderam verificar o trabalho de pesquisa sobre a história do arroz que a professora Fabiane Lisboa está desenvolvendo no acervo de jornais do Arquivo Histórico. Os alunos sendo informa

Liberato Vieira da Cunha visita o Arquivo Histório

Na manhã do dia 10 de setembro o Arquivo Histórico recebeu a visita do escritor cachoeirense Liberato Vieira da Cunha, que está na cidade para o lançamento de sua mais nova obra: "O silêncio do mundo". Interessado na história de sua terra, Liberato foi logo querendo conhecer o acervo do Arquivo Histórico e enquanto era guiado nas dependências da instituição e apresentado às preciosidades nela contidas, ia rememorando histórias que ouvira em longas conversas com o Dr. Fritz Strohschoen. O escritor Liberato Vieira da Cunha entre as assessoras do Arquivo Histórico Com uma trajetória de trinta anos na literatura, Liberato estará lançando, em caráter nacional, a obra "O silêncio do mundo", às 18 horas, na Casa de Cultura que leva o nome de seu tio, Paulo Salzano Vieira da Cunha. A iniciativa do lançamento é da Associação Cachoeirense de Amigos da Cultura - AMICUS, que neste ano está também completando 30 anos de trabalho em prol do engrandecimento da cultura

Primeiros atos da Independência do Brasil

A Independência do Brasil, ato protagonizado por D. Pedro I em 7 de setembro de 1822, às margens do riacho Ipiranga, em São Paulo, ensejou uma série de modificações na estrutura administrativa do país.  José  Bonifácio de Andrada e Silva, o Patriarca da Independência e patrono da nossa principal praça, a José Bonifácio, na condição de apoiador e braço direito do Príncipe Regente, encarregou-se de remeter às Câmaras Municipais instruções para a nova condição política e administrativa do Brasil. No acervo do Arquivo Histórico há interessantes documentos que comprovam os primeiros atos pós-Independência, dentre os quais escolhemos os que se seguem: Decreto impresso dando a composição das cores do Tope Nacional Brasiliense - 18/9/1822 - CM/S/SE/CR-001 -  Primeira bandeira do Brasil instituída após a Independência Documento assinado por José Bonifácio de Andrada e Silva e remetido à Vila Nova de São João da Cachoeira - 23/9/1822 - CM/S/SE/CR-001 - Co