Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2016

O AH recebe importante doação: último número do jornal O Comércio

Mensagem de encerramento de circulação de O Comércio - 23 de fevereiro de 1966 -   O Arquivo Histórico do Município de Cachoeira do Sul recebeu, no dia 23 de fevereiro de 2016, passados exatos cinquenta anos, uma importante doação ao seu acervo de imprensa: o último número do jornal O Comércio  (1900 - 1966) que circulou em 23 de fevereiro de 1966. Único exemplar conhecido da última edição de O Comércio -  23 de fevereiro de 1966 A doação do exemplar da edição derradeira do jornal foi feita por Sérgio Moacir da Silva Pacheco, funcionário das oficinas da Tipografia do Comércio, empresa editora do periódico. Ciente de que aquela edição encerraria a existência do Comercinho, Sérgio teve a iniciativa de resguardar um exemplar. E o fez por cinquenta anos, gesto que se constitui em exemplo de preservação de parte importante da rica memória de imprensa de Cachoeira do Sul. Por longos anos, o doador tentou localizar outro exemplar, sem sucesso, o que faz do que foi entreg

Morte aos Cães Danosos

Vila Nova de São João da Cachoeira. Ano de 1836. Não bastassem os problemas que estavam começando com a Revolução Farroupilha, drama que perduraria por longos 10 anos, a Vila se achava infestada por cães danosos... Aqueles eram também tempos de medo pela raiva canina, doença que apavorava a Europa, de onde vinham as soluções científicas, e para a qual o tratamento ainda era ineficiente, vitimando tanto as pessoas atacadas quanto os cães. Somente em 1885 Pasteur aplicaria pela primeira vez a vacina antirrábica em humanos, depois de vários experimentos em animais. Enquanto isto, os países das Américas poucos meios tinham para combater a doença e lançavam mão da estratégia de eliminação tácita dos cães... A notícia dos cães danosos chegou até nós através de um documento constante do Fundo Câmara Municipal (1820-1889) existente no Arquivo Histórico, portador de instruções para combate dos cães que andavam soltos pelas ruas da Vila. Como a grafia é bastante dificultosa em razão da époc

Venda de ovos de gafanhotos!

Sub-intendencia do 6.º Districto* da Cachoeira, 4 de outubro de 1906. Illmo. Snr. Dr. Candido Alves Machado de Freitas M. D. Vice-intendente em exercicio. Attendendo a numerosas reclamações d'esta colonia no sentido de auxiliar-se, na extinção da praga de gafanhotos que de maneira descumunal assoalhouçe n'este districto deitando sobre o solo uma quantidade espantosa de óvos; lembro a V.S. que alem de outros meios ja cunhecidos deve-se effetuar a compra dos ditos óvos, não, ao preço de mil reis o Kilo, como consta estar pagando outros municipios, porem que se pague a cem ou dusentos reis, ésta medida é uma das de mais proveito pelo motivo dos colonos não perderem o tempo, e sim empregarem na colheta de óvos o serviço das crianças que com a maior facilidade colhem grande quantidade durante o dia, trasendo para colonia um proveito adimirável, antes de gerar-se o novo gafanhoto. Esta semanna o Snr. Augusto Scheffel, negociante nesta Colonia, anunciou a compra, óvos de gafan