Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2017

Imagem de Nossa Senhora no frontispício da Igreja Matriz

As obras de pintura da Catedral Nossa Senhora da Conceição, no Centro Histórico, ocupam a atenção da comunidade. Com a restauração do Paço e do Château d'Eau, os olhares agora se voltam para os detalhes que a rica arquitetura do templo revela sob a camada nova de tinta e, especialmente, sobre a imagem da Nossa Senhora que domina o frontispício. Catedral em processo de pintura - foto Ione M. S. Carlos As remodelações do templo foram muitas ao longo de sua história, mas a mais radical foi a iniciada em março de 1929, quando houve a decisão de mudar o aspecto externo, enriquecendo a simples arquitetura colonial militar de sua fachada com detalhes barrocos e substituindo a cruz que encimava o frontispício por uma imagem de Nossa Senhora. Fachada original da Igreja Matriz - fototeca Museu Municipal Na edição do jornal O Commercio , de 1.º de janeiro de 1929, detalhes da solene bênção da imagem da padroeira e inauguração das torres: Como dissemos em nossa edição an

Renúncia do Intendente de Cachoeira

Corria o ano de 1912. Em julho, pelas eleições, o Coronel Isidoro Neves da Fontoura, concluindo mandato iniciado em 1908 à frente da Intendência, tinha o apoio do Partido Republicano para seguir no comando da administração municipal. E assim foi eleito. Mas desavenças políticas entre ele e o presidente do Partido Republicano Rio-Grandense, Dr. Antônio Augusto Borges de Medeiros, fizeram-no recusar o cargo para o qual havia sido reeleito. Em carta enviada ao Conselho Municipal (correspondente, à época, da Câmara de Vereadores) o Coronel Isidoro Neves justificou o porquê de não ter assumido as funções de intendente: Isidoro Neves (penúltimo) dentre membros do Partido Republicano cachoeirense - fototeca Museu Municipal Ata da eleição do Cel. Isidoro Neves - 20/7/1912 - IM/CM/AE-Atas - Cx. 2 Srs. MEMBROS DO CONSELHO MUNICIPAL Tenho a subida honra de comunicar-vos que renuncio hoje ao cargo de Intendente Municipal, cargo este que eu devera desempenhar durante o per

Pela liberdade dos escravos

A Câmara Municipal de Cachoeira, como de resto de outras cidades, foi destinatária de correspondência do Directorio do Centro Abolicionista em Porto Alegre , datada de 24 de maio de 1885, firmada por Joaquim Pedro Salgado, presidente, Joaquim de Salles Torres Homem, 1.º secretário, e pelos diretores Achylles Porto Alegre, João Duval, Julio Cezar Leal, Severino F. Prestes, Damasceno Vieira, João Theophilo V. da Cunha, Ignacio de Vasconcellos Ferreira, Aurelio Virissimo de Bittencourt, Antonio Candido da Silva Job e Candido Antonio da Costa. O teor da correspondência reveste-se de significação maior ainda quando revela o quanto a propaganda abolicionista estava fortalecida no breve tempo que então antecedia a assinatura da lei áurea, ato da Princesa Isabel a 13 de maio de 1888, demonstrando também o quanto ainda estava por ser feito. Os seus signatários confirmam o peso que o movimento obteve junto a lideranças intelectuais. Nomes como o de Acchylles Porto Alegre, escritor, j