Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2020

Uma escola noturna

No ano de Cachoeira do Sul bicentenária, sempre oportuno relembrar páginas do passado, de onde podem ser extraídas lições e exemplos. Coincidentemente os tempos são de pandemia, momento em que se vê brotarem ações de solidariedade que pareciam andar rareando. E a página que será aberta aqui hoje rememora iniciativa de gênese duplamente significativa, pois propiciou ensino aos sedentos por conhecimento, estendendo braço para parcela desvalida da população da Cachoeira do final dos anos 1920, início dos 1930, constituindo-se em verdadeiro exemplo de solidariedade. Em 1928, o intendente de Cachoeira, José Carlos Barbosa, autorizou o auxílio de um conto e 200 mil réis à direção da Escola Noturna da União de Moços Católicos em parcelas mensais de 100 mil réis, desde que a matrícula excedesse a 25 alunos. Como a escola era gratuita, a subvenção municipal foi determinante para a entidade seguir ofertando ensino aos necessitados: Autorização de subvenção municipal - 29/11/1928 - IM/CM/

Escola Estadual Cândida Fortes Brandão - 90 anos

E.E.E.F. Cândida Fortes Brandão - Rua Pinheiro Machado, 2343 - escolacandidda.blogspot.com No dia 21 de maio de 1930, foi criado o Grupo Escolar Alto dos Loretos que, por decreto de 16 de outubro de 1940, passou a se chamar Grupo Escolar Cândida Fortes Brandão, homenageando uma das mais prestigiadas professoras cachoeirenses. Professora Cândida Fortes Brandão - patrona da escola - Museu Municipal O jornal O Comércio, em sua edição de 17 de julho de 1929, noticiou o seguinte: Grupo Escolar. - Foi escolhido o edificio em que actualmente funcciona o Club União Familiar, á Avenida Brasil, no arrabalde do Alto, para nelle funccionar um grupo escolar. Afim de inspeccionar o referido edificio, em que serão realizados trabalhos de adaptação, esteve nesta cidade o dr. Freitas de Castro, diretor geral da instrucção publica do Estado. O Comércio, 17/7/1929 A instalação do Grupo Escolar ocorreu no dia 26 de maio de 1930, abrigando cerca de 200 alunos. Professora

Fritz Strohschoen - 100 anos

8 de maio de 1920 - 8 de maio de 2020, dia de relembrar o historiador Fritz Strohschoen pelo centenário de seu nascimento e de celebrar todos os seus feitos em prol da conservação da memória histórica de Cachoeira do Sul; dia de reverenciar o cidadão que contribuiu para o crescimento de sua cidade, seja como professor, contabilista, advogado, vereador, como pai de família e liderança comunitária. Participação de nascimento - O Comércio, 12/5/1920 Dr. Fritz Strohschoen - Acervo familiar Fritz Strohschoen nasceu na Cachoeira que estava prestes a comemorar seu primeiro centenário, cuja legitimidade da data histórica - 5 de agosto de 1820 - vinha sendo discutida desde o ano anterior. Naquele tempo, o historiador Aurélio Porto prestou-se a elucidar com seu amplo conhecimento a importância do dia 5 de agosto, pondo fim aos questionamentos de então. Por estas coincidências inexplicáveis, coube a Fritz, 64 anos depois, retomar e endossar a defesa feita por Aurélio Porto para cor