Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2011

Ascendentes de Michele e Conrado Souza Milanesi

Michele e Conrado Milanesi tiveram  grande parte dos ascendentes iguais aos da família Porto Möller. Michele e sua mãe Sônia Milanesi ao lado do seu banner na Exposição.

Dr. Ivo Renê Pinto Garske

Um dos homens destacados na exposição do Museu Municipal foi Ivo Renê Pinto Garske. Ione Sanmartin Carlos colaborou com a ascendência portuguesa do doutor Ivo Garske.

Exposição Prorrogada

A Exposição "Povoadores de Cachoeira e seus descendentes em 2011" foi transferida para o Arquivo e deveria ficar até o dia 20 de dezembro, mas devido à visitação frequente que está acontecendo, ela se estenderá até janeiro. Entre os visitantes estão: Laïs Gama Schneider, Célia Salzano, Márcio Porto Möller e Tupinambá Pinto de Azevedo.

Genealogia de Lêda Almansa Carlos

Alexandre Luiz Queiroz de Vasconcelos foi um dos povoadores de Cachoeira do Sul o qual teve em sua quinta geração Lêda Almansa Carlos. Ela teve onze filhos, vinte e sete netos e conta, atualmente, com seis bisnetos. Dona Lêda acompanhada de suas filhas: Ione, Dione e Lisone.  Explicações foram dadas por dona Lêda a Joaquim Milanesi, Paulo Fernando Möller e sua esposa Odha.

Família Porto Möller

A família Porto Möller também esteve presente na Exposição. Odha Maria da Silva Porto ao lado do banner da sua família.

Genealogia de Lia Rejane Priebe Trevisan

Fazendo parte da Exposição dos Povoadores de Cachoeira e seus Descendentes em 2011, está a genealogia de Lia Rejane Priebe Trevisan. Lia acompanhada do seu esposo Antônio Trevisan durante a Exposição.

Feliz Natal!

Recuperação de Livros da Diocese

O primeiro livro de batismo da Diocese, datado de 1779, foi transcrito pelo Arquivo Histórico, por Loveli Moreira La-Flôr, em 2003/2004. Atualmente, Loveli está transcrevendo uma segunda parte do livro, localizada, posteriormente, na secretaria da Diocese.  Além disso, o Arquivo dispõe de duas professoras voluntárias no serviço de restauro: Carmen Mariz Alves Carneiro e Alba Lindemann que recuperam os livros de registro de nascimento, de casamento e de óbito da Diocese.  Alba e Carmen recuperaram e entregaram ao bispo diocesano dom Irineu Wilges 63 livros de batismo de Cachoeira do Sul. Na foto: Ione Carlos, chefe do Arquivo Histórico, Carmen, Alba, dom Irineu, Mirian Ritzel, diretora do Núcleo de Cultura, e Deise, secretária da Diocese O trabalho concentrou-se na limpeza dos livros, onde o pó foi retirado, folha a folha, com pincel. Depois, as capas foram restauradas. Havia capas sobrepostas que foram retiradas a fim de que ficasse a original.  O material utilizado é o apropriado para

Lançamento dos Cadernos de História, nº 7

Tarde aprazível no Parque da Cultura, quando foi feito o lançamento dos Cadernos de História nº 7. Mirian Ritzel, diretora do Núcleo da Cultura, e Ione Sanmartin Carlos, chefe do Arquivo Histórico, receberam os convidados. A família de Fritz Strohschoen, homenageado, se fez presente: a esposa Olga, as filhas, Maíra, Milda e Mirna, esposos e netos e a nora Ana Luiza Mor. Também presentes, a sobrinha Lori Schol, vizinhos da rua D. Pedro, pastor Kurt Eckert, o bispo dom Irineu Wilges e amigos. Uma chuva rápida fez com que  todos se dirigiram para o interior do Museu Municipal onde, além da entrega do caderno, ocorreu a abertura da exposição: "Três Homens na História do Museu".   Dona Olga foi lembrada e recebeu um buquê de flores coloridas e, bastante emocionada, agradeceu e lembrou de alguns  momentos vividos por ela e Fritz. A exposição do Museu mostra parte da vida do seu patrono , dr. Edyr Lima,além de Fritz Strohschoen e  do dr. Ivo Renê Pinto Garske. Durante a exposição

Ascendentes de Laura e Arthur Figueiró

Laura e Arthur Figueiró são duas crianças que também tiveram ascendentes que fizeram parte do povoamento de Cachoeira do Sul. Irajá Pedroso Figueiró foi quem organizou a genealogia e na Exposição foi fotografado com suas irmãs e sua esposa Norma,à direta.

Fritz Strohschoen - Cadernos de História Nº 7

Você é o nosso convidado para o lançamento Fritz Strohschoen - Cadernos de História nº 7.

Árvore de Costado de Francisco Scarparo Castagnino

Francisco Scarparo Castagnino é um menino que teve um banner confeccionado com sua árvore de costado, tendo em suas raízes vários casais integrantes do povoamento de Cachoeira do Sul. É riquíssimo em informações. Durante a exposição, Maria Lúcia Mor Castagnino, orientou os presentes na leitura da árvore, devido a   múltiplas relações que se podiam estabelecer com os descendentes dos povoadores de Cachoeira do Sul.

Árvore de Eduarda Iserhardt Beskow

Estaremos postando os banners que foram apresentados na exposição na Casa de Cultura e que agora se encontram expostos no Arquivo Histórico e ficam até 20. O primeiro banner é da pequena Eduarda Iserhardt Beskow, cujo projeto é supostamente simples e pretende refletir os seus quatro anos de idade.  Alexandre Manoel da Cunha e Souza foi um dos primeiros povoadores de Cachoeira do Sul, o qual faz parte da genealogia de Eduarda. Eduarda, com Ione Sanmartin Carlos, no dia da exposição, ao lado de seu banner.