quarta-feira, 19 de outubro de 2011 | By: Arquivo Histórico de Cachoeira do Sul

Relatório de Instrução Pública

Neste mês em que se comemora o dia do professor, transcrevemos parte de um documento de 28 de julho de 1878, correspondente ao relatório de visita trimestral, determinado pela Lei Provincial nº 1.108, de 8 de maio de 1877, feito pela comissão composta por Francisco Gomes Porto, João Jorge Krieger e Crescêncio da Silva Santos:

2ª Aula do sexo feminino, regida pela Professora Dª Maria Luisa da Silva.
O espaçoso salão em que funciona esta aula, não só preenche as condições exigidas pelo regulamento, como tambem facilita a frequencia das alunnas em geral, em consequencia de achar-se collocada no centro da Cidade. Pelo respectivo livro, verificamos estarem matriculadas 54 alunnas, sendo o termo medio da frequencia 40, segundo o calculo que não foi fornecido pela Professora. Fisemos um detido exame em leitura, calligraphia, principios elementares de arithemetica, nocções geraes de grammatica, e geographia d'esta Provincia, em duas alunnas mais adiantadas, que frequentão a aula 4 annos; e, prestando homenagem a verdade e a justiça, a commissão, não pode deixar de elogiar os esforços da Professora, que tem sido correspondidos, porque estas duas alunnas em todas as materias a que acima nos referimos, estão perfeitamente no caso de faserem um exame regular no fim do anno letivo. 
(...)
Algumas mais que examinamos alternadamente ainda achão-se atrazadas, notando-se entre estas, umas com tempo sufficiente para estarem mais adiantadas, não sabendo a commissão a que attribuir, se a falta de intelligencia da parte d'ellas, ou se ao numero crescido de alunnas que frequentão esta aula, privando por esta rasão a Professora de destribuir com a necessaria igualdade a instrução a todas.

Este documento faz parte dos avulsos da Caixa 3, Série: Decisões Administrativas, Subsérie 18: Relatórios.
quinta-feira, 13 de outubro de 2011 | By: Arquivo Histórico de Cachoeira do Sul

Lilia Gouvêa Ferreira - Cachoeirense Centenária

Amplie para ler melhor clicando sobre o texto.
Desde 2008, o Arquivo Histórico recolhe e guarda os dados biográficos de centenários nascidos e/ou residentes no Município e lhes entrega um diploma. Também aguarda que familiares de centenários comuniquem-lhe de sua existência.
quinta-feira, 6 de outubro de 2011 | By: Arquivo Histórico de Cachoeira do Sul

Jornal Também se Guarda

O jornal é um meio de comunicação de massa, um bem cultural e, por muito tempo, foi o principal espaço de atividade profissional do jornalismo. Registra os fatos, e por esse e tanto outros motivos, é necessário que a coletividade possa ter acesso àqueles que um dia já foram o registro de vidas e fatos executados por elas.
O Arquivo Histórico guarda encadernados dos jornais locais: Jornal do Povo, O Correio, O Comércio, Rio Grande e Fatorama e também do jornal A Federação, de Porto Alegre. Faz a encadernação dos atuais dois jornais locais.

A seguir, há uma listagem dos anos desses jornais que o Arquivo dispõe em seu acervo:

JORNAL DO POVO - de 29 de junho de 1929 aos dias atuais, coleção completa. Dispõe de exemplares, a partir de 1992, também para fotocópias.

JORNAL O CORREIO - de 22 de março de 1992 até os dias atuais, coleção completa. Também para fotocópias.

JORNAL O COMÉRCIO - de 1900 a 1966.
Não temos os anos: 1903, 1908, 1909, 1911, 1914, 1926, 1951, 1952.

JORNAL RIO GRANDE - de 1905 a 1915. 
Não temos 1906 e 1914.

JORNAL FATORAMA - de 1977 e 1978.

JORNAL A FEDERAÇÃO (Porto Alegre) - de 1906 a 1920 (coleção completa); 1927 (a partir de fevereiro); e 1929 (coleção completa).
Fotos do acervo dos jornais. Perceba o tamanho do exemplar do Jornal do Povo, ano de 1976, que a colega Loveli La-Flôr estava usando em uma pesquisa.