terça-feira, 21 de agosto de 2012 | By: Arquivo Histórico de Cachoeira do Sul

Arquivos da História de Cachoeira

Em 1915, nosso Município adquiriu um busto de Julio de Castilhos, esculpido por Jesús Maria Corona.
Esta informação é confirmada no jornal "O Comércio", de 15 de dezembro de 1915, com os seguintes dizeres:

Um grupo de Republicanos adquiriu um busto do imortal patriarca Julio de Castilhos, oferecendo-o ao Município de Cachoeira.
O sr James Schwarz representante do escultor Jesus M. Corona, fez a entrega da oferta ao administrador do Município...

Jesús Maria Corona foi um arquiteto e grande escultor espanhol (1871-1938) que realizou inúmeras obras no Rio Grande do Sul. Pai de Fernando Corona, que também se destacou na arquitetura e escultura em Porto Alegre.

Em nosso acervo documental encontramos uma carta e uma relação dos cidadãos que contribuíram para a aquisição do referido busto.

Posteriormente, em 1922, o jornal "O Comércio", de 22 de novembro, publicou a notícia da inauguração festiva.
No Grande Álbum de Cachoeira, de Benjamin Camozato, 1922, também encontrado no Arquivo Histórico, há uma fotografia do monumento com o busto que foi colocado nos jardins da Intendência Municipal, hoje Prefeitura.


0 comentários:

Postar um comentário