quinta-feira, 20 de abril de 2017 | By: Arquivo Histórico de Cachoeira do Sul

21 de abril: dia para lembrar Tiradentes

Vem de tempos a associação de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, à ideia de liberdade e independência. Aguerrido e impetuoso, foi alçado à condição de herói por suas ações contrárias ao estabelecido na época em que o Brasil sequer tinha a condição de país.

Joaquim José da Silva Xavier - o Tiradentes - opiniaoenoticia.com.br

Muito tempo depois da execução de Tiradentes como criminoso, ocorrida no dia 21 de abril de 1792, é que sua morte foi tida como heroica. Na esteira do engrandecimento de sua figura, veio a determinação do dia 21 de abril como feriado nacional. A Lei n.º 1266, de 8 de dezembro de 1950, consagrou a data "à glorificação de Tiradentes e anseios de independência do País e liberdade individual."

Imagem: Faculdade Jangada

Recorreu-se ao acervo de imprensa do Arquivo Histórico para buscar notícias relacionadas ao dia 21 de abril, extraindo-se uma de época anterior e outra da primeira vez que a comunidade cachoeirense gozou o feriado de Tiradentes.

O jornal Rio Grande, em sua edição de 23 de abril de 1908, traz a seguinte nota:

21 de Abril. Passou ante-hontem, a data consagrada aos precursores da Republica, symbolisados em Tiradentes.

21 de Abril sempre disperta na alma nacional um toque de enthusiasmo "patrio", relembrando paginas sagradas da historia, escriptas com sangue, mas redivivas e brilhantes, attestando o surto de uma nacionalidade incipiente para a liberdade e para a luz.

Tiradentes revive nos corações genuinamente republicanos que sabem medir do quanto seria capaz aquella alma votada para o bem e para a liberdade patrios.

Apezar de passar despercebida essa data gloriosa, intimamente o coração republicano se eleva atè à memoria do inconfidente, abençoando-a e cobrindo-a das flores que o seu amor à Patria faz hoje desabrochar.

A lembrança da data, a julgar pela redação da notícia, certamente estava associada ao ideário do jornal Rio Grande, que era órgão do Partido Republicano.

O Jornal do Povo, volume de 1951, primeiro ano em que seria comemorado o feriado de Tiradentes a partir da lei que o instituiu, publicou uma pequena nota de alerta destinada especialmente aos trabalhadores da indústria e comércio:

O Feriado de Sábado. Informa a Associação do Comércio e Indústria que o próximo sábado, dia 21, é feriado nacional, consagrado à memória de Tiradentes, o mártir da liberdade.

Não será, pois, permitida, nesse dia, a atividade no comércio e indústria, em todo o território nacional.

O feriado, novidade que era, mereceu da redação do Jornal do Povo também um aviso aos seus leitores:

JORNAL DO POVO. AVISO. Em virtude do feriado de sábado próximo não se trabalhará nas diversas secções desta folha, motivo por que o JORNAL DO POVO não circulará em sua edição habitual de domingo, voltando a fazê-lo sómente terça-feira próxima, com maior número de páginas.

(MR)

0 comentários:

Postar um comentário