sexta-feira, 11 de novembro de 2016 | By: Arquivo Histórico de Cachoeira do Sul

Salários dos professores

É sabido e difundido, com muita propriedade, que os salários dos professores não condizem com a nobre missão que desempenham. Histórica já é a luta em prol das melhorias das condições de trabalho e da remuneração a que fazem jus estes profissionais que constituem a base de todas as profissões, porque ninguém atinge formação sem o professor.

Um documento do acervo documental do Arquivo Histórico, Fundo Junta Municipal (1889-1892), datado de 13 de abril de 1892, mostra o quanto o assunto não é novo e uma faceta das várias situações a que a classe do magistério tem sido submetida ao longo do tempo:


Ofício de 13/4/1892 - JM/S/SIP-Ofícios - Caixa 2

Dizia o documento, enviado à Junta de Cachoeira pela Diretoria Geral da Instrução Pública, em Porto Alegre, que os vencimentos dos professores interinos não normalistas seriam reduzidos de 880 para 600 mil réis, autorizando a municipalidade a abrir concurso para nomeação de outros, desde que fossem abertos editais. Os candidatos deveriam apresentar documentos que comprovassem sua maioridade, isenção de culpa e bom procedimento, além de outras condições e determinando que Si algum dos interinos não tiver competidor e mostrar, por algum documento, possuir approvação de exame que seja superior ao que determina o art.º 82 § unico do Regulamento, deverá ser contractado independente de novo exame. Como se vê, no final do século XIX, provavelmente por carência de professores com formação nas escolas normais, outras pessoas eram contratadas para desempenho do magistério e, já naquele tempo, vê-se que o estado valorizava pecuniariamente melhor os realmente habilitados.

Na vigência do século XXI, apesar de todo avanço tecnológico, os professores seguem no desafio diário de vencer as batalhas que lhe são impostas por um mundo em profunda mudança, enfrentando o descrédito, a baixa remuneração e as incertezas de uma profissão que está absolutamente em desvantagem na sociedade, apesar da importância, da relevância e do caráter praticamente insubstituível que possui...

(MR)

3 comentários:

Suzana Saldanha disse...

Além das escolhas dos conteúdos das postagens te parabenizo, Mirian, por conseguir ler estes documentos.

Mirian Ritzel disse...

Obrigada, Suzana. Quanto à leitura, a gente acostuma. Abraço.

Mirian Ritzel disse...

Acrescento ainda, Suzana, que na escolha dos conteúdos tenho o auxílio precioso da colega Neiva Kohler. O resto cabe a mim fazer. E eu adoro!

Postar um comentário