Pular para o conteúdo principal

BANRISUL - 90 anos em Cachoeira do Sul

Quem chega pela primeira vez a Cachoeira do Sul e persegue o trajeto feito pela Rua Sete de Setembro se depara, antes da "subida dos bancos", com uma verdadeira joia do passado:  um imponente prédio encimado por figuras escultóricas representativas das atividades comerciais e industriais.

Agência central do Banrisul - foto Renato F. Thomsen
Figuras escultóricas do frontão do Banrisul - foto Renato F. Thomsen
Vista geral do prédio principal - foto Renato F. Thomsen

Este prédio, inaugurado em 1922, foi erguido pelo Banco Pelotense, instituição financeira fundada em 5 de fevereiro de 1906 por pecuaristas, charqueadores, comerciantes e profissionais liberais na cidade de Pelotas. Fazia parte da estratégia de marketing do banco a construção de prédios suntuosos, clara demonstração de riqueza e opulência que também acabou por decretar grande endividamento à instituição. Boa parte destes prédios ainda estão em pé nas cidades em que o Banco Pelotense funcionou, servindo alguns ainda hoje como agências para o Banco do Estado do Rio Grande do Sul - Banrisul, fundado em 1927, e que o encampou depois.



Banco Pelotense - Fototeca Museu Municipal


A inauguração da agência do Banco do Rio Grande do sul se deu em 25 de fevereiro de 1929 e foi assim noticiada pelo jornal O Commercio:

Banco do Rio Grande do Sul. - Á tarde de ante-hontem, no predio da rua 7 de Setembro n.º 221, foi inaugurada a succursal que o Banco do Rio Grande do Sul, de credito rural e hypothecario, installou nesta cidade.


Alguns minutos depois das 3 1/2 horas, reunidos muitos comerciantes, industrialistas, criadores, representantes dos estabelecimentos bancarios locaes e da imprensa, estando presente o sr. intendente municipal, fez uso da palavra o dr. João Neves da Fontoura.

Após ligeiras considerações sobre a utilidade do novo instituto, que vem favorecer principalmente a agricultura e a criação, pelo emprestimo de dinheiro a juro modico e a prazo longo, o dr. João Neves deu por inaugurada a succursal do Banco do Rio Grande do Sul, sendo as suas palavras seguidas de forte salva da palmas.

Logo após foi servida uma taça de champagne aos presentes, que foram gentilmente recebidos e tratados pelos srs. Edgar Leite, gerente da succursal, e Silecio Pinós, collector estadual.

Da inauguração foi lavrada uma acta pelo sr. Wladimir Gama, escrivão da collectoria, acta que foi assignada pelos presentes.

Congratulando-nos com a nossa população pela installação da succursal do Banco de Credito Rural e Hypothecario, fazemos votos para que a sua actividade fructifique em beneficios de toda ordem.

(O Comércio, 27/2/1929, p. 4.)

O Banrisul está consolidado como uma das mais populares instituições financeiras; é um patrimônio dos gaúchos. A sua agência central, em Cachoeira do Sul, é patrimônio histórico-cultural dos cachoeirenses e tem sido utilizada, desde a sua construção, sempre como instituição bancária, o que constitui marco na história do Banco do Estado do Rio Grande do Sul.

Parabéns, Banrisul!

MR

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Colégio Estadual Diva Costa Fachin: a primeira escola de área inaugurada no Brasil

No dia 1.º de outubro de 1971, Cachoeira do Sul recebeu autoridades nacionais, estaduais e regionais para inaugurar a primeira escola de área do Rio Grande do Sul e que foi também a primeira do gênero a ter a obra concluída no Brasil. Trata-se do Colégio Estadual Diva Costa Fachin, modelo implantado com recursos do Programa de Expansão e Melhoria do Ensino Médio - PREMEM, instituído pelo Decreto n.º 63.914, de 26/12/1968.  Colégio Estadual Diva Costa Fachin - Google Earth A maior autoridade educacional presente àquela solenidade foi Jarbas Passarinho, Ministro da Educação, acompanhado por Euclides Triches, governador, e pelos secretários de Educação, Coronel Mauro Costa Rodrigues, de Interior e Justiça, Octávio Germano, das Obras Públicas, Jorge Englert, e da Fazenda, José Hipólito Campos, além de representantes do Senado, de outros ministérios, estados e municípios.  Edições do Jornal do Povo noticiando a inauguração da escola (30/9/1971 e 3/10/1971, p. 1) Recepcionados na Ponte do Fa

Rainha do Carnaval de 1952

O carnaval de 1952 foi marcado por uma promoção da ZYF-4, a Rádio Cachoeira do Sul, e Associação Rural, que movimentou toda a cidade: a escolha da rainha dos festejos de Momo. Vamos conhecer esta história pelas páginas do Jornal do Povo : Absoluto êxito aguarda a sensacional iniciativa da ZYF-4 e Associação Rural - Milton Moreira (PRH-2) e a famosa dupla "Felix" da Televisão Tupi  participarão de atraente "show" Cachoeira do Sul viverá sábado à noite o maior acontecimento social dos últimos anos, com a realização do monumental "Garden-Party" promovido pela Rádio Cachoeira do Sul e Associação Rural nos jardins da ZYF-4. Rainha do Carnaval de 1952 -  Jornal do Povo, 21/2/1952, p. 1 Rádio Cachoeira do Sul - ZYF-4 - Coleção Emília Xavier Gaspary Precedido de quatro grandiosos bailes que se efetuaram nas principais entidades sociais cachoeirenses, o "Garden-Party" vem centralizando as atenções da cidade inteira, pois, assinalará o mais deslumbrante es

Cachoeira do Sul e seu rico patrimônio histórico-cultural

A história de Cachoeira do Sul, rica e longeva, afinal são 202 anos desde a sua emancipação político-administrativa, legou-nos um conjunto de bens que hoje são vistos como patrimônio histórico-cultural. Muito há ainda de testemunhos desta história que merecem a atenção pelo que representam como marcas dos diferentes ciclos históricos. Mas felizmente a comunidade e suas autoridades, desde 1981, pela criação do Conselho Municipal do Patrimônio Histórico-Cultural - COMPAHC, têm reconhecido e protegido muitas destas marcas históricas. Antes da existência do COMPAHC muitos e significativos bens foram perdidos, pois o município não dispunha de mecanismos nem legislação protetiva, tampouco de levantamento de seu patrimônio histórico-cultural. Assim, o Mercado Público, em 1957, e a Estação Ferroviária, em 1975, foram duas das maiores perdas, sendo estes dois bens seguidamente citados como omissões do poder público e da própria comunidade. Sempre importante lembrar que por ocasião do anúncio da